quarta-feira, 26 de janeiro de 2011




Preocupado com o volume crescente de produtos vindos do exterior e seu impacto sobre a indústria nacional, o governo Dilma estuda medidas para conter importações classificadas como "desnecessárias" e para aumentar o controle sobre importações fraudulentas, disseram à agência Reuters fontes da área econômica.

O real sobrevalorizado ante outras moedas deixa os produtos brasileiros mais caros no exterior e os importados mais baratos, o que tem estimulado o aumento das compras ao exterior.

Segundo a Reuters, será adotada uma política mais forte para proteger a indústria brasileira de "competições que não sejam justas". "Vamos identificar produtos que sofram com a concorrência desleal", afirmou um funcionário do governo que pediu à Reuters para não ser identificado.

Ainda no primeiro semestre, Dilma deve se reunir com os presidentes Hu Jintao (China) e Barack Obama (EUA), e o comércio será um dos principais tópicos de negociação.

O Brasil tem grande preocupação com a escalada dos produtos chineses.

Além disso, ainda segundo a Reuters, o governo deve apresentar nas próximas semanas medidas de estímulo ao setor produtivo.

Fonte: Destak

0 comentários: