domingo, 16 de junho de 2013

"É hora e vez dos multimercados", afirma CEO do BNP Paribas - InfoMoney
SÃO PAULO – O momento é propício para os fundos multimercados, após indicadores de renda fixa proporcionarem alta em abril e a bolsa de valores apresentar um certo viés positivo no mesmo período, conforme frisa o CEO do BNP Paribas Asset Management, Marcelo Giufrida. Na carta mensal aos cotistas, o executivo afirma que os movimentos do mercado de curto prazo têm se superposto diante das medidas dos efeitos das políticas monetárias e fiscais dos bancos centrais, o que torna difícil formar uma visão de longo prazo.
Acompanhe a cotação de todos os fundos imobiliários negociados na BM&FBovespa
“Mesmo sem perder de vista o descompasso do ciclo econômico entre EUA, Europa, China, Japão e mercados emergentes, somente uma gestão 'agnóstica', tipicamente utilizada pelos fundos multimercados, oferece ao investidor uma solução consistente para ajustar as carteiras em função das circunstâncias”, afirma Giufrida.

Ele aponta que  o desafio para os investidores este ano é grande e que, dentro do contexto atual, essa classe de fundos foi a que, na média, superou a inflação. Confira na tabela abaixo a rentabilidade total, a volatilidade e o retorno ajustado ao risco dos principais indicadores financeiros nos últimos 3 anos:
IndicadorRentabilidadeVolatilidadeRetorno ajustado ao risco 
*Índices calculados pela Risk-Office
CDI (Certificado de Depósito Interbancário) 32,20% 0,10% -
IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) 19,13% 0,19% -
Dólar 15,56% 11,39% 0,4
Ibovespa (Índice Bovespa) -17,75% 22,03% -0,3
IBX (Índice Brasil) 1,47% 19,62% 0,0
IDIV (Índice Dividendos)  45,19%  15,45%  0,9
IMA Geral (Índice de Mercado Anbima Geral) 46,45% 2,28%   5,9
IMA-B (Índice de Mercado Anbima série B)  60,47%  5,20%  3,3
IMA-B 5 (Índice de Mercado Anbima série B com prazo até 5 anos) 48,91% 2,13%  6,7
SMLL (Índice Small Caps)  30,90%  18,39%  0,5
IFM* (Índice de Fundos Multimercados)  37,28%  1,54% 7,2
IFM-I* (Índice de Fundos Multimercados Institucionais)  32,67%  0,48%  20,6
ILS* (Índice Long Short)  35,90%  1,07% 10,1
IMM* (Índice Multiestratégia Multimercados)  37,34%  1,75%  6,4
Ao olhar o retorno ajustado ao risco é possível perceber que os multimercados (em negrito) se destacaram, com a melhor relação, proporcionado ao investidor o maior retorno por nível de risco. “Não foi um período fácil, pois vários ativos renderam abaixo de CDI: foi o talento dos gestores que explica o valor agregado de suas estratégias”, ressalta Giufrida.
AçõesJá na estratégia de ações para o mês de maio, a gestora de renda variável do banco, Cláudia Abate, se diz “cautelosamente otimista” com o mercado acionário em 2013. Os fatores que a especialista aponta como possíveis drivers positivos são a melhora dos dados econômicos no Brasil, valuation atrativo, potencial de uma safra de resultados melhor ao longo do ano e alta liquidez promovida pelos principais bancos centrais (FED, BCE, BoJ).
Quer saber mais sobre os termos usados no mercado financeiro? Acesse o glossário InfoMoney
“No entanto, dado a recuperação do mercado nas últimas duas semanas, não descartamos uma realização de curtíssimo prazo, haja vista a falta de um evento que sustente essa alta recente”, finaliza a carta.

0 comentários: