quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Existem doi tipos de tinturas usadas pela impressão fotográfica a jato de tinta: corante e pigmentos.

A HP usa tanto tintas baseadas em pigmentos como em corantes porque cada uma delas se aplica a diferentes necessidades dos clientes.

As diferenças básicas entre corantes e pigmentos são: A tinta baseada em corante é usada tipicamente pelo sistema de impressão fotográfico da HP por oferecer melhor qualidade para as fotos e maior resistência ao desbotamento quando usada com a mídia apropriada.

Para garantir a resistência ao desbotamento com tintas baseadas em corante, os consumidores devem selecionar papel fotográfico não poroso, encapsulado para proteger a tinta contra a exposição à luz e ao ar.

Seguem algumas informações sobre a ciência aplicada às tintas baseadas em corantes:
As moléculas são projetadas para abserver frequências específicas de luz e se dissolverem no meio usado pela tinta.

Por ser muito pequena para difundir a luz, o corante é tipicamente mais brilhante e mais colorida do que os pigmentos, fazendo com que as impressoras que usam esse corante produzam um espectro maior de cores.

Com dimensões da ordem de um nanômetro, as moléculas de corante são pequenas o suficiente para penetrar facilmente na superfície da mídia, proporcionando um acabamento uniforme e de alto brilho que colabora para a impressionante qualidade final da imagem.

Apesar de algumas tinturas apresentarem baixa resistência ao desbotamento quando expostas a luz (menos de cinco anos), as tintas baseadas em corantes formuladas pela HP são duráveis (até 73 anos), superando muitos dos sistemas pigmentados. (obs: já existem outros modelos de tintas que são iguais ou superiores às tintas da HP).

Tintas pigmentadas oferecem razoável resistência ao desbotamento, mas não o acabamento brilhante das tintas baseadas em corantes.

Os pigmentos não penetram na mídia, o que é uma vantagem no caso de impressão de texto em papel comum por garantir resultados escuros e definidos.

Porém, trata-se de uma desvantagem para fotos porque as tintas pigmentadas podem causar variações no brilho e iluminações com aspecto artificial.

Seguem algumas informações sobre a ciência aplicada às tintas pigmentadas:
Os pigmentos são particulas com aproximadamente 50 a 100 nanômetros de diâmetro, compostas de dezenas de milhares de moléculas de tintura agrupadas. (Mesmo o menor orifício de um jato de tinta é 100 vezes maior do que uma partícula de pigmento). Algumas vezes, corante é acrescentado à tinta pigmentada para aumentar a intensidade nas cores.

As partículas de pigmento são muito grandes para penetrar na maioria dos papéis para impressoras a jato de tinta ou mídia fotográfica. Pelo contrário, elas costumam formar uma fina película na superfície.

Embora sejam diluídos em água, os pigmentos oferecem excelente resistência ao líquido e são à prova de manchas em papéis comuns por formarem ligações quiímicas estáveis com as fibras de celulose.

Ao contrário das corantes, os pigmentos não se dissolvem no meio usado pela tinta – eles permanecem suspensos na solução. Se os pigmentos assentarem durante o armazenamento, ou quando expostos a altas temperaturas, sedimentos podem ser formados no cartucho da tinta ou na cabeça de impressão.

Referência
http://www.masterink.com.br/diferenca-entre-tinta-pigmentada-e-corante/

0 comentários: